Autor: Bruna Oliveira

Bruna Oliveira

About Bruna Oliveira

has published 13 posts

Paraense papa xibé. Universitária longe de casa. Cursa Engenharia Florestal e ama a natureza. Amante de viagens e sem grana.

Onde tem cacau tem CEPLAC

Esse é o lema da CEPLAC- Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira, que é uma instituição pública de pesquisa vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Criada em 20 de fevereiro de 1957, época em que a economia cacaueira atravessava uma grave crise, teve sua atuação,...

Conhecer para preservar

É necessário que a teoria esteja ligada diretamente à prática. Isso serve para qualquer atividade, qualquer “fórmula” para mudar o mundo, a vida pessoal ou preservar o planeta. Teoricamente, é muito bonito e correto preservar a natureza, deixar intactas as áreas de preservação permanentes, deixar a mata em...

O valor da Madeira de Lei

Para os amantes da natureza, da arquitetura, dos detalhes, engenheiros florestais e todos que se interessam por alguma dessas áreas, aqui vai um texto massa para tirar dúvidas, e te mostrar a beleza das Madeiras de Lei. Tais madeiras recebem essa denominação por todo um contexto histórico. Tudo...

Transição Agroecológica

Há um novo paradigma de apropriação da natureza evidenciando que pode haver equilíbrio entre o social, econômico e ambiental. A transição agroecológica implica então na geração de formas de ação social coletiva onde promovam projetos de uso sustentável dos recursos naturais considerando a dinâmica populacional e econômica. Um contexto baseado em comunidades...

Recuperação de áreas degradadas

A recuperação de áreas degradas está associada a restauração ecológica. E essa se trata de um processo de restauração de um ecossistema destruído, danificado ou degradado. Segundo o Decreto Federal 97.632/89, degradação ambiental são impactos ambientais negativos, um conjunto de processos resultantes de danos ao meio ambiente, onde...

O Sumiço das Abelhas

Se a raça humana acabasse hoje, a natureza em pouco tempo se reconstituiria. Porém, se um simples inseto, muito menor que nós, as abelhas forem extintas, teremos no máximo mais quatro anos de sobrevivência. Segundo a FAO, 85% das plantas com flores das matas e florestas e 70%...