O Asfalto Ecológico

Os pneus geralmente têm um final trágico para o meio ambiente: vão parar nos rios e lagoas de nossa cidade.  Sua degradação no meio ambiente é estimada em 600 anos e poderá ficar no local inapropriado por longos períodos.  Por lei, a responsabilidade por coletar os pneus utilizados é dos fabricantes ou importadores, mas muitas vezes os usuários não têm local para descarte de pneus que serão coletados.

Este pneu tem grande importância para indústrias de asfalto, isto pode até parecer uma novidade, mas já é utilizado há 4 décadas nos EUA, quando em 1960, o norte-americano Charles MacDonald criou esta tecnologia e posteriormente chegou ao Brasil no inicio dos anos 2000.

O Grupo Ecorodovias, num projeto do ano de 2005 visando melhoria de seus serviços, investiu cerca de R$ 7,2 milhões na aquisição de uma usina de asfalto.  O asfalto borracha é de melhor qualidade, mais durável e resistente, podendo ser utilizado até 30 anos, o que reduz a necessidade de intervenções para manutenção do pavimento, o que faz com que haja significativos ganhos para a concessionária e para o meio ambiente.

A concessionária Univias tem registrado acréscimo de 46,6% na vida útil dos pavimentos com asfalto-ecológico, em relação à pavimentação convencional.

Atualmente mais de 8 mil km de estradas pavimentadas com asfalto-borracha no Brasil, número pequeno comparado com os 170 mil km que correspondem a malha rodoviária do país.

Segundo a Ecorodovias, é utilizado cerca de 600 pneus para asfaltar 1 quilometro de rodovia e segundo levantamento feito pelo governo, 30 milhões de pneus são descartados no Brasil  por ano, isso possibilita asfaltar cerca de 50 mil km por ano de estrada se tudo fosse revertido para esse fim.

Em 2012 entrou em vigor uma lei em São Paulo para que o asfalto das rodovias do estado precisem ser enriquecidas com borracha.

E o meio ambiente continua agradecendo.

Recicle!

Leia também!

0 Comments CLIQUE E COMENTE →


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>