Green School – A escola ecológica de Bali

Em 2006, após assistir o documentário Uma Verdade Inconveniente, criado por Al Gore, o canadense John Hardy jurou que passaria o resto de sua vida fazendo o possível para que seus quatro filhos tenham um futuro com qualidade de vida neste planeta. Em 2008, John e a esposa começaram a construir em Bali – Indonésia uma escola completamente diferente das que conhecemos.

A Green School (Escola Verde), não tem paredes. As salas de aula são sob tetos construídos em bambu, a iluminação é natural e a brisa flui naturalmente no recinto. John diz que as escolas tradicionais parecem caixotes de cimento, onde todos os alunos vivenciam um aprendizado engessado, no qual eles não tem chance de aprimorar seus talentos e aptidões pessoais. E o pior de tudo, os alunos não tem qualquer contato com a natureza ou a sustentabilidade. Sem conhecer a natureza e o funcionamento dela, como podem vir a se tornarem adultos ecologicamente corretos?

O objetivo da Green School é reverter este cenário, criando “world green leaders” (lideres verdes para o mundo). Todos os procedimentos na Green School são ecologicamente corretos (horta, preparação da merenda, coleta de água, tratamento de esgoto etc.) As crianças aprendem sobre estes processos e são diretamente envolvidas neles. O contato com a natureza é total.

Além disso, o aprendizado é dinâmico, com aulas mais práticas e interativas. As lições são interdisciplinares, ou seja, os professores abordam um tema e com ele ensinam geografia, ciência, matemática…Cada aluno é tratado como indivíduo único, seus dons, suas aptidões e suas dificuldades são levados muito a sério. Quando uma criança cresce dentro de uma educação completa humana e culturalmente ela tem muito mais chances de vir a ser um líder com valores moralmente dignos e ecologicamente éticos.

Mães e pais do mundo inteiro tem levado seus filhos para a Green School em Bali. Mas conseguir uma vaga lá não é fácil. Primeiro porque um dos princípios da escola é a regionalidade, então 20% dos alunos precisam ser Balineses (recebem bolsas de estudo). Depois porque a mensalidade para estrangeiros não é barata.

Precisamos que este tipo de educação mais completa e mais conectada ao meio ambiente seja cada vez mais disseminada pelo mundo. Já podemos ver algumas pequenas iniciativas em escolas perto de nós, mas a mudança total, como conseguiu John Hardy, é mais difícil e demorada, por isso todos nós que temos filhos, ou que participamos do processo educacional, ou mesmo que nos preocupamos com o futuro do planeta e da humanidade, temos que iniciar as mudanças agora mesmo.

Para saber mais sobre a Green School acesse seu website: www.greenschool.org

Baixe o Aplicativo Plant.aí!

Leia também!

0 Comments CLIQUE E COMENTE →


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>