Nespresso – Quando a reciclagem alimenta

Você já imaginou que cápsulas de café usadas podem transformar-se em alimentos para as pessoas? Com um sistema de logística reversa e reciclagem isso é bem possível. A iniciativa vem de Portugal, com a união da Nespresso e da ONG portuguesa Banco Alimentar Contra a Fome, e prova que a reciclagem é o caminho ideal.

O projeto “Reciclar é alimentar”, que começou em 2011, consiste na reciclagem da cápsula de Nespresso e a transformação da mesma em adubo para plantações orgânicas de arroz. O arroz produzido é destinado a alimentar populações carentes. Ao consumidor, cabe entregar as cápsulas utilizadas em postos de coleta, que são as lojas da marca. A Nespresso se encarrega da reciclagem da embalagem e a utilização da borra de café, que é misturada a um composto agrícola e utilizada para adubar terrenos de plantio de arroz na região do Alentejo. O arroz, após ser processado, controlado e embalado, é doado ao Banco Alimentar contra a Fome, que faz a distribuição às pessoas carentes.

O alumínio da embalagem também é reciclado e transforma-se novamente em embalagem. Segundo informações coletadas no próprio site da Nespresso, a reciclagem do alumínio produz apenas 5% das emissões de carbono.

Em 5 anos de projeto foram doadas 321 toneladas de arroz, o que permitiu entregar 6 milhões de refeições. Em 2015, foram 65 toneladas de arroz que alimentaram 1 milhão de pessoas.

Aqui no Brasil, a Nespresso também recebe cápsulas usadas que são recicladas, mas não como em Portugal, nessa parceria de combate à fome e ação sustentável.  Se você tem embalagens usadas e não sabe o que fazer com elas, o site da Nespresso disponibiliza os endereços onde a coleta pode ser feita.  Clique aqui para saber mais!.

Se aqui não fazemos ações de combate à fome aliada à reciclagem, a criatividade transforma as embalagens de café em diversos outros produtos, como joias, imãs de geladeira, cortinas, guirlandas e mais milhares de objetos versáteis e bonitos.

O projeto desenvolvido em Portugal fica como um ótimo exemplo do que podemos fazer aqui no país. Afinal, pensar em soluções inovadoras, sustentáveis e que ajudem ao próximo deve ser o propósito de todos nós para um mundo um pouco melhor.

Leia também!

Tarsyla Masys

Tarsyla Masys

view all posts

Paulistana, publicitária, pós-graduada em Gestão Cultural, amante da natureza, apaixonada pelo universo literário e em busca de ideias inovadoras que mudem o mundo.

0 Comments CLIQUE E COMENTE →


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>