Você sabe de onde vem a carne que você come?

Hoje, no Brasil, existem mais de 212 milhões de cabeças de gado! Sim, mais bovinos do que pessoas e só na Amazônia existem 80 milhões de animais.

Na semana passada ativistas do Greenpeace realizaram uma ação na maior rede de supermercados do Brasil para conscientizar os consumidores sobre a relação entre o desmatamento, a pecuária e a carne que chega à sua mesa.

Segunda Sem Carne
Segunda Sem Carne

A ação também marca a divulgação do relatório “Carne ao molho madeira” onde mostra como os supermercados estão ajudando a devastar a Amazônia. (Leia o relatório completo clicando aqui).

Segundo o relatório, a carne que você compra dos supermercados vem de muitos frigoríficos que atuam na Amazônia, onde, apenas 3 assumiram, desde 2009, o compromisso de NÃO comprar bois de fazendas que têm novos DESMATAMENTOS, que usam trabalho ESCRAVO ou que estão dentro de terras INDÍGENAS.

Ação do Greenpeace
Ação do Greenpeace

A responsabilidade dos supermercados na compra desses produtos é grande e cabem a eles a decisão de serem coniventes com os frigoríficos ou não.

Os Brasileiros tem o direito de saber a origem dos produtos que consomem. Se são frutos de destruição ambiental e/ou de trabalho escravo.  E assim decidir o que vai e o que não vai para o seu prato. Quer ajudar? Entre no site do GreenPeace e assine a petição para que grandes grupos de mercados cumpram seu papel para evitar que carne com desmatamento chegue na mesa de todos os brasileiros.

Ação do Greenpeace
Ação do Greenpeace

Perceba que a escolha por retirar a carne da sua alimentação vai muito além da compaixão pelos animais, da economia d’água e emissão de gases causadores do efeito estufa. Além dos benefícios ambientais um vegetariano, por exemplo, tem um terço a menos de risco de morrer por doenças do coração do que um onívoro, além de estar menos propenso a desenvolver diabetes tipo 2 e obesidade, os ovolactovegetarianos apresentam redução de 14% do nível de colesterol no sangue e os vegetarianos estritos, 35%. O dado mais alarmante, no entanto, talvez seja o do câncer de intestino grosso, cuja incidência é 80% menor em veganos. afirma Ana Ceregatti, nutricionista clínica especializada no atendimento a vegetarianos.

Não consegue viver sem carne? Comece com uma vez por semana! A Segunda sem carne é uma campanha que existe em mais de 35 países! Seja você a mudança!!!

Segunda sem carne
Segunda sem carne

Vamos plantar aí mais essa ideia? Vamos aproveitar a próxima SEGUNDA e repensar nossa alimentação! Pelas pessoas, pelos animais e pelo planeta!

Leia também!

0 Comments CLIQUE E COMENTE →


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>