Ipê – Árvore que encanta pelo colorido e beleza

Só poderia estar falando dos queridinhos dos brasileiros, o Ipê. São de várias cores, para agradar todos os gostos. O ipê pertence à família Bignoneaceae, são árvores muito requisitadas para a arborização e paisagismo urbano devido a sua graciosa floração ornamental que é um belo espetáculo da natureza, motivo esse que faz do “ipê” uma das árvores mais populares em uso na arborização e áreas verdes. O ipê proporciona bem estar e conforto ambiental ao interceptar, absorver e refletir os raios solares. As árvores Funcionam como bombas hidráulicas que, através de suas raízes, trazem a água do subsolo para a atmosfera. Elas refrescam e amenizam a umidade relativa do ar. Uma árvore isolada pode transpirar cerca de 380 litros de água por dia e isso equivale ao uso de cinco aparelhos de ar condicionado médios, funcionando 20 horas por dia, uma energia preciosa e de graça. Perto do inverno, no período entre maio e agosto, os ipês sofrem com a falta de água. E sabe como eles reagem a esse estresse? Dando flores. Tanto charme e beleza é um modo de lutar pela perpetuação da espécie.

ipê floresce mais ou menos seguindo uma ordem cronológica: primeiro os rosas, depois os roxos, em seguida os amarelos e, por último, os brancos.

Começando pelo Handroanthus heptaphyllus, o “ipêrosa” é uma árvore nativa da América do Sul, sua ocorrência se dá na Mata Atlântica da Argentina, Bolívia, Brasil e Paraguai. Conhecida também por piúva é uma árvore alta, podendo ultrapassar 20 m de altura. São bem aproveitadas para o paisagismo urbano, pela beleza e desenvolvimento rápido. Essa espécie particularmente útil para a arborização de ruas e avenidas e ótima para reflorestamentos mistos destinados à recomposição de áreas degradadas de preservação permanente. Floresce durante os meses de maio a agosto com a planta totalmente despida de sua folhagem. Vale ressaltar que alguns autores consideram a Tabebuia avellanedae e a Tabebuia impetiginosa da mesma espécie.

Ipê Rosa - Foto: Matheus Santos.
Ipê Rosa – Foto: Matheus Santos.

O Ipêroxo, de nome científico Handroanthus impetiginosus, também tem origem na América do Sul, é uma árvore decídua, que apresenta folhas compostas e palmadas, suas folhas caem no inverno dando lugar a sua floração que ocorre entre maio-agosto. As flores em forma de trombeta são numerosas, sua coloração vai do rósea ao arroxeado. O ipê-roxo é uma ótima opção ornamental para arborização urbana, pois seu crescimento é considerado rápido e não possui raízes agressivas. Sua altura pode variar entre 8 a 12 metros.

Ipê-Roxo. Foto: Mariana Lorenzo
Ipê-Roxo. Foto: Mariana Lorenzo

Já o Handroanthus serratifolius, conhecido popularmente como ipê-amarelo e também por pau d’arco, tem sua origem na América do Sul, no Brasil esta espécie é muito encontrada na região amazônica, o porte desta árvore pode chegar até 25 metros de altura, sua folhagem é densa e caduca. É uma excelente árvore para o plantio urbano, isso sem falar da bela coloração amarela, logo é utilizada para praças e parques. Deve-se levar em conta que seu crescimento é considerado lento e seu sistema radicular profundo na hora de escolher o local de plantá-lo.

Ipê-amarelo. Foto: João Bosco.
Ipê-amarelo. Foto: João Bosco.

E por último e não menos importante temos o ipêbrancoHandroanthus roseo-albus”, de nome popular ipê-do-cerrado, distribuem-se pelos estados de MG, MT, GO e SP. Essa espécie pode atingir 15 metros de altura, possui copa reduzida, densa e cônica. Sua floração ocorre no inverno quando a árvore fica despida de folhas. O ipê-branco é muito requisitado para a arborização de cidades por ser uma das espécies de ipê de menor porte, podendo ser plantada em separadores de pistas, passeios, canteiros, praças e parques. Pra mim o ipê-branco é o mais lindo de todos. E você, qual é seu ipê preferido?

Ipê-Branco. Foto: http://projetosdearquitetura.blog.br
Ipê-Branco. Foto: http://projetosdearquitetura.blog.br

Existe também uma espécie de ipê, onde sua floração é verde, sim, Green! seu nome científico é Cybistax antisyphilitica. Seu porte varia entre 6 a 18 metros de altura, essa espécie é mais característica da região de cerrado, sua floração ocorre em setembro e também pode ser utilizada para a arborização de cidades. Uma curiosidade do ipê verde é que suas sementes aladas são em forma de coração. É muito amor, não é mesmo?

Semente do Ipê-verde
Semente do Ipê-verde

Devemos lembrar que com a escolha de uma dessas espécies devemos ter alguns cuidados, pois o ipê pode torna-se inconveniente durante a queda das suas folhas e flores. Mas para mim o espetáculo que sua visão proporciona recompensa qualquer “sujeira”.

E a cada ano eles estão mais lindos e abusadíssimos! Para nossa total alegria…

Leia também!

0 Comments CLIQUE E COMENTE →


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>